RUE


«Tudo o que se passa, passa na TSF»
Maio 8, 2009, 1:34 am
Filed under: Uncategorized

tsf

“Vamos  ao fim da rua, vamos ao fim do mundo”. A TSF pauta a informação de todos os dias por este lema. Todas as semanas – seja no fim da rua ou no fim do mundo – apresentamos uma visão profunda, consistente e estruturada dos mais variados fenómenos que marcam os nossos dias.

Carta Aberta à TSF

Exmo/as Senhora/es

Ontem, dia 7 de Maio, liguei para o programa Forum TSF e fui atendida tendo os meus dados sido recolhidos para posterior contacto. Sei que os tempos são limitados e que não há garantias de ouvir todos os ouvintes que desejem participar, mas quando se aceita uma inscrição, e mais ainda quando voltam a contactar o ouvinte, preparando-o para entrar no programa, já é praticamente certo que vai ser ouvido. No entanto não foi o que aconteceu. A entrevista a Miguel Portas estendeu-se indiscriminadamente no tempo da espera ao telefone para a minha intervenção. De repente cortam a ligação. Embora não houvesse problemas na rede pois liguei de volta e o telefone tocou do outro lado… a jornalista anunciou que o programa tinha chegado ao fim, isto 7 mn antes do sinal horário. Costumo ouvir o Forum TSF e já participei num programa sobre os centros médicos, mas desta vez tive a nítida sensação de que não me quiseram ouvir. O pior é que nem uma satisfação, foi mais fácil suspender a ligação do que dar uma satisfação para o facto de eu não poder falar. Caiu a ligação. Já o tinha ouvido noutros programas mas ouvia-se a linha a cair do outro lado. Neste caso o obstáculo foi outro certamente.

Gostaria que me tirassem esta amarga sensação de que afinal o Forum TSF não é um programa tão democrático e pluralista como se quer. Além disso os portugueses devem ter mesmo muito pouco a dizer sobre a Europa, e quando lhes dão oportunidade foi o que se ouviu da boca das pessoas comuns, que aliás neste programa viram o seu tempo de intervenção bem mais limitado pois o programa foi pouco mais do que um desfile de cabeças de lista a fazer uso de mais esta oportunidade de usar os tempos de antena públicos para fazer campanha eleitoral.

Quando me apresentei fiz questão de afirmar que o ia fazer em nome da RUE – Comissão Nacional pela Ruptura com a UE, talvez tenha sido esse o meu erro. Como anónima e desempregada, talvez a TSF me tivesse dado oportunidade de expor as minhas ideias sobre a UE. Mas como membro da RUE ou a chamada foi abaixo ou já não havia tempo para mais intervenções. A TSF há-de encontrar uma boa desculpa. Mas ficámos a saber que prefere ouvir o Miguel Portas a repetir-se durante quase 10 mn do que dar voz a uma comissão de cidadãos que apoia e integra a lista do POUS e que é aliás o único partido político concorrente que recomenda a ruptura efectiva com as instituições da UE. Que outros valores mais altos se alevantarão que os da verdadeira democracia e equidade?

Paula Montez

(membro da RUE e candidata pela lista do POUS

às eleições para o Parlamento Europeu)

Anúncios

2 comentários so far
Deixe um comentário

Bola para a frente! As situações de descriminação e de politiquice tanto dos orgãos de informação como de qualquer outro, têm que ser denunciadas.
Isto é que é a democracia e a liberdade na prática e não, o que está a ser feito em nome da mesma causa. Maioria, NUNCA MAIS! É por os Sócretinos a dar aos pedais. RUA!

Comentar por Jorge Torres

Nem mais.

BJS

Comentar por ferroadas




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: